Sawasdee-ka! A calorosa saudação usada pelos tailandeses para recepcionar os recém-chegados vem sempre acompanhada de sorrisos sinceros e afetuosos.

É o retrato de um povo alegre e gentil, craque na arte de receber e fazer o turista se sentir em casa.

Destino querido dos mochileiros há tempos, a Tailândia de hoje se destaca também por sua ampla gama de SPA´S e hotéis de luxo.

Boa parte de seu território está protegido sob Parques Nacionais, e os cenários são mesmo de impressionar: praias de mar esmeralda, contornadas por vegetação exuberante, despertam àquele agradecimento genuíno pela possibilidade de estar ali.

É neste mesmo mar deslumbrante que mergulhadores alcançam visibilidades de mais de 30 metros, e se deparam com uma rica vida marinha repleta de cardumes coloridos, tartarugas e raros tubarões tigre.

Sugestão Venturas – Embarque na saborosa experiência gastronômica oferecida a bordo do Apsara boat, embarcação típica que navega pelo rio Chao Phraya, nas noites de Bangkok.

E como nem só de natureza vive o país, milhares de templos budistas estão espalhados de norte a sul, e são um deleite para quem quer ir além a respeito de sua história, religiosidade e cultura, mais fervorosamente preservada nas tribos das montanhas do norte.

A gastronomia exótica – mas nada óbvia – é um prato cheio para quem topa ir de encontro ao inusitado.

Os pratos são preparados com maestria e a combinação do salgado, doce, amargo e azedo numa única receita eternizam a lembrança de uma explosão de sabores.

E quem diria que larvas de bicho-da-seda bem temperadas e fritas cairiam tão bem com uma cerveja local bem geladinha?

Pacotes de viagem para o Tailândia

Tríade Imbatível

Ela é o mais puro retrato do Éden, mas desde que Leonardo DiCaprio mostrou Maya Bay ao mundo, é praticamente impossível reproduzir a experiência da praia paradisíaca isolada.

Pelo menos em terra firme. Debaixo d’água um universo novo se abre e pode-se ter então o gostinho de não precisar dividi-la com quase ninguém.

De um jeito ou de outro é claro que Phi Phi ainda vale a visita. Mas, se for adepto do bordão mais difundido do país, “same same, but different”, você pode optar por variar o cardápio e ainda manter a tríade imbatível de Praia + Bangkok + Templos do Norte.

Além das também famosas Phuket e Koh Samui, o Golfo da Tailândia e o Mar de Andaman abrigam muitas outras ilhas com o mesmo mar turquesa, areia branca e falésias calcárias que brotam das águas
em recortes perfeitos do paraíso.

Koh Lipe e Koh Lanta são ótimas opções para quem busca o sossego, bem como o parque nacional de Khao Sok, recheado de vales e lagos que possibilitam passeios de caiaque e encontros com elefantes em centros de preservação.

A espiritualidade a flor da pele e as tribos de mulheres Long-Neck estão na montanhosa parte norte do país, que acolhe alguns de seus mais belos templos, como o Wat Rong Khun (Templo Branco) em Chiang Rai e o Wat Doi Suthep, em Chiang Mai.

Para os prazeres mais mundanos, a frenética Bangkok reúne exotismo em meio à vida cosmopolita.

Mercados de rua, táxis rosas e tuk tuks se convergem em perfeita harmonia com prédios modernos e seus roof tops chiquérrimos.