Planejar um roteiro de viagem é uma tarefa que tem ficado cada vez mais interessante. Com tantos relatos de turistas que deixam suas experiências em sites, é possível se encantar com destinos menos conhecidos e que você nem sequer tinha pensando em visitar, como é o caso de Azerbaijão, Geórgia e Armênia.

Apesar de esses países estarem localizados em uma área ainda pouco conhecida pela maioria dos viajantes e fora do padrão de roteiro turístico tradicional, a região vem atraindo cada vez mais brasileiros que buscam desbravar as suas belezas, a identidade étnica única e a cultura milenar da região.

Está pensando em viajar, mas ainda não sabe ao certo onde ir? Neste artigo, vamos apresentar os destinos Azerbaijão, Geórgia e Armênia como ótimas opções para você curtir as suas próximas férias. Continue a leitura e confira!

A localização

Azerbaijão, Geórgia e Armênia são países situados geograficamente na Ásia, em uma região conhecida como Cáucaso do Sul, perto de países como Rússia, Turquia e Irã. Do outro lado, estão os mares Negro e Cáspio.

Contudo, do ponto de vista cultural e linguístico, eles estão bem mais próximos do continente europeu. Eles fazem parte do Conselho da Europa (organização internacional com personalidade jurídica e que atua em defesa do desenvolvimento e da estabilidade política e social na Europa).

Os diferenciais

Os países são repúblicas que faziam parte da antiga União Soviética e têm uma rica história local. É possível conhecer melhor a história desse passado histórico recente visitando museus e praças que ainda guardam resquícios da ocupação URSS.

A região abriga diferentes ecossistemas e belas paisagens, além da deliciosa gastronomia local. Além disso, os diferenciais culturais e arquitetônicos vêm agradando aos viajantes. Assim, aos poucos, esses países vão ganhando cada vez mais espaço nos roteiros turísticos.

Cultura milenar

Erevan (Armênia), Baku (Azerbaijão) e Tbilisi (Georgia) são consideradas as mais antigas cidades do mundo. Para se ter uma ideia, a capital da Armênia foi a primeira nação que adotou, em meados do ano 300, o cristianismo como religião oficial. O território é, inclusive, famoso por ser o suposto Jardim do Éden mencionado em passagens bíblicas.

Por sua vez, a antiga capital da Geórgia, Mtscheta, foi tombada pela UNESCO como patrimônio histórico e cultural da humanidade. Essa região é considerada um verdadeiro museu permanente que sobreviveu à ação do tempo, conservando construções e monumentos arquitetônicos que datam de mais de um milênio.

Cáucaso - Azerbaijão, Georgia e Armênia

O Mosteiro de Geghard, na Armênia é atração que merece muito uma visita. Trata-se de um mosteiro formado por cavernas que foi esculpido entre as rochas e tombado pelo patrimônio histórico pela UNESCO. Sua construção remonta ao século IV.

Lindas paisagens

Os ecossistemas que permeiam a região são compostos por cadeias de montanhas que, ao serem percorridas, revelam cânions diante de uma paisagem semidesértica (como o famoso cânion de Gnishik). Do outro lado, há o cenário frutífero do vale do Ararat.

Cáucaso - Azerbaijão, Georgia e Armênia

Além disso, é possível conhecer os vulcões de barro e o lago de Sevan, o qual é situado a cerca de 1.900 metros acima do mar e considerado o mais alto de todo o mundo.

Religiosidade na Armênia, Georgia e Azerbaijão

A região é conhecida por manter viva a história do surgimento das religiões em seu território por meio da preservação de construções arquitetônicas antigas e regiões consideradas santas.

Existem muitos templos e monastérios nesses locais, como o mosteiro de Khor Virap, que junto com o mosteiro de Geghard, são considerados o berço do cristianismo.

Além disso, é possível conhecer o templo pagão Garni, o mosteiro Haghpat da época medieval e a região bíblica do monte Ararat, a qual revela uma paisagem panorâmica da catedral de Svetitskhoveli, famosa por manter em seu interior a sagrada túnica usada por Jesus.

Ainda assim, é possível encontrar pelas regiões mais fronteiriças do país traços da cultura indiana e do zoroastrismo, antiga religião persa.

O acesso

A maneira mais fácil de chegar até Azerbaijão, Geórgia e Armênia é pegar um voo com destino às suas capitais. Apesar de não existir voo direito saindo do Brasil para lá, você pode ir até algum país da Europa ou dos emirados, e de lá escolher uma companhia aérea que faz serviço por aquelas regiões. 

A melhor época para visitar a região

Por ser cercada de montanhas, a região que compreende Azerbaijão, Geórgia e Armênia costuma absorver a temperatura e deixar o clima entre os dois extremos, conforme a época do ano.

Dessa forma, no inverno, a temperatura chega rapidamente a números negativos. Por outro lado, o verão pode atingir facilmente os 40 graus e até ultrapassar essa marca, tornando o clima da região bastante inconveniente.

Portanto, o ideal é visitar a região em estações mais amenas, como a primavera, que vai de abril a junho, ou o outono, que compreende os meses de setembro, outubro e novembro. O clima é moderado e você não sentirá grandes desconfortos durante o passeio.

As principais dicas para quem quer conhecer esses países

A boa notícia é que os turistas brasileiros que viajam para a Geórgia e a Armênia não necessitam de visto. Eles podem transitar livremente por 180 dias na Armênia e 365 dias na Geórgia. Por sua vez, o Azerbaijão exige o visto, que é facilmente tirado pela internet, no site da embaixada, e permite que o turista brasileiro fique por até 30 dias no país.

Cáucaso - Azerbaijão, Georgia e Armênia

Não fique apenas nas capitais. Conheça as cidades do interior que guardam suntuosos monastérios. Azerbaijão, Geórgia e Armênia são países surpreendentes. As belezas naturais, a história e a cultura da região transcendem o tempo e permanecem vivas nas grandes cidades. Por outro lado, o desenvolvimento e a globalização estão muito presentes nas capitais. Vale a pena planejar um roteiro incluindo esses destinos. Você não vai se decepcionar!

Se preferir fazer esta viagem bem acompanhado, consulte datas de saídas em grupos pequenos de até 20 pessoas com acompanhamento de guia brasileiro.

Gostou deste post? Então, siga nosso perfil nas redes sociais e fique por dentro das próximas matérias sobre os destinos mais interessantes para as suas viagens. Estamos no Facebook!