Aparados da Serra é um dos lugares mais fantásticos do Brasil e um dos que mais atraem turistas. Situada na divisa entre o Rio Grande do Sul e Santa Catarina, é um local apropriado para o ecoturismo e famoso por seus imponentes cânions que formam um cenário encantador.

O nome surgiu devido à formação geológica desses paredões, que terminam em áreas de planalto e dão a ideia de terem sido realmente “aparados” pela natureza.

Os Parques de Aparados da Serra

Aparados da Serra possui o maior complexo de cânions da América do Sul. Abriga os Parques Nacionais de Aparados da Serra e de Serra Geral com uma área aproximada de 30 mil hectares.

O primeiro foi inaugurado em 1959 e é constituído por uma área preservada de proteção, enquanto o segundo, parque vizinho, foi criado em 1992. Esse último possui cerca de 12 mil hectares de área de conservação.

Toda a região possui formações rochosas de 130 milhões de anos, vales profundos e quedas d’água com mais de 700 metros, que rendem fotos incríveis para os viajantes.

Como chegar ao local

Quem vem do Rio Grande do Sul deve ir até Cambará do Sul e seguir na Estrada do Itaimbezinho, até o parque. Para quem vem de Santa Catarina, o caminho é feito pela BR 101, até Praia Grande. Depois, seguir cerca de 23 quilômetros de estrada de terra até a região.

A diversidade da flora e da fauna

A vegetação é composta principalmente por mata atlântica e florestas de araucárias, que se estendem ao longo de todo o parque.

É o berço e o habitat natural de animais como guaxinim, papagaios-de-peito-roxo, jaguatirica, leão-baio, dentre outras.

Melhor época para conhecer a região

Aparados da Serra é aberto para visitação o ano inteiro! O clima costuma ser úmido e as temperaturas variam conforme a época do ano, com uma média de 16 graus.

Durante o inverno e outono, o frio é intenso e a temperatura chega abaixo do zero, mas a probabilidade de chuva é pequena. É a época preferida pelos viajantes, já que a vegetação ganha um verde intenso.

Já no verão e na primavera, o clima costuma ser agradável. Contudo, há maior probabilidade de chuvas e nebulosidade, o que pode prejudicar alguns passeios.

Principais atrações

A região é repleta de atrações deslumbrantes. Vamos citar algumas delas.

Aparados da Serra

Cânion Itaimbezinho

É a mais famosa atração e cartão-postal da cidade. Seus paredões verticais são envoltos pelo verde da mata atlântica e têm uma profundidade de mais de 700 metros de altura e 6 quilômetros de extensão.

Trilha do Boi

A Trilha do Boi fica no Cânion Itaimbezinho e pode durar até 7 horas. Ela tem esse nome porque passa pelo cristalino Rio do Boi, que corre por entre as muralhas do Cânion.

Costuma ser desbravada por trilheiros mais experientes devido ao seu caminho sinuoso e trechos isolados que oferecem riscos de deslizamentos. Por isso, é extremamente recomendado ter o acompanhamento de um profissional.

Trilha do Cotovelo

O trekking na Trilha do Cotovelo costuma ser feito em cerca de 2 horas. Durante a travessia, o viajante passa pela cachoeira Véu da Noiva e termina com a vista espetacular do Cânion Itaimbezinho.

Trilha do Vértice

A Trilha do Vértice é considerada mais fácil pelos desbravadores. A caminhada dura aproximadamente 45 minutos e dá acesso à visão panorâmica da Cascata das Andorinhas, uma queda d’água de cerca de 700 metros de altura que cai do topo dos paredões até o fundo do Cânion.

Artesanato e produtos coloniais

A região também costuma ser famosa pelo seu artesanato. O turista encontra ótimos objetos para recordação, como produtos coloniais e belíssimas peças de artesanato feitas em lã, típicas da região.
Aparados da Serra é uma região que surpreende qualquer viajante amante da natureza. Considere incluir esse destino na sua próxima viagem. Você não vai se arrepender!

Você gostou deste artigo? Então, assine nossa newsletter e fique por dentro dos próximos destinos incríveis que estamos preparando para quando for planejar sua viagem!