Turismo em Myanmar: este país do sudeste asiático, que faz fronteira com a Tailândia, Índia, China e Laos, é um local ainda pouco explorado turisticamente. Perfeito para quem quer conhecer um destino original e que ainda não sofreu muitos impactos do turismo em massa.

Se você quer visitar templos, cidades flutuantes e conhecer um pouco mais do budismo e da cultura asiática, pode ter certeza que esse é um destino imperdível! E, para ajudá-lo a montar um roteiro, selecionamos algumas atrações nas principais cidades do país. Confira abaixo as nossas dicas sobre o turismo em Myanmar:

Bagan

Bagan é uma das principais cidades turísticas do país, e seus principais atrativos são os mais de 2 mil templos, o que sobrou de cerca de dez mil que já existiram no destino. Se você quer conhecer um pouco — ou um pouco mais — da religião budista e da cultura milenar do país, essa é uma excelente oportunidade.

Bagan - Cristina Akemi
Bagan – Cristina Akemi

Atualmente, a cidade pertence ao Myanmar, mas antigamente ela era um império e já teve 55 reis. Há muita história para se conhecer por ali!

E para quem sempre sonhou em fazer um passeio de balão, aproveite seus dias em Bagan e viva essa experiência inesquecível. O destino também é incrível para quem curte admirar o pôr do sol! É considerado um local “mágico” e misterioso, onde você vai aprender a contemplar!

Lago Inle

Lago Inle, ou Inle Lake, é o segundo maior lago de Myanmar e está rodeado de pequenas vilas, pântanos, mosteiros e muito mais. É um destino mais tranquilo e bem diferente das grandes cidades de Myanmar, que estão sempre movimentadas. Com características únicas e muitas atrações incríveis esse é um local que vale muito a pena no país! Aqui, o principal transporte são os barcos!

No Lago Inle, você terá a oportunidade de conhecer os “remadores com os pés”. Isso porque os pescadores da etnia Intha têm uma forma bem diferente e típica de remar seus barcos: eles encaixam os remos debaixo dos braços e usam os pés e pernas para movimentá-los. Assim, eles ficam com as mãos livres para segurar um grande cone que usam para pescar. Essa é uma das grandes atrações do local e muita gente quer uma foto dos famosos pescadores. 

Uma das atrações de Nyaungshwe — cidade onde o lago está localizado — é o Silversmith, local para conhecer um pouco mais da produção de prata no país e, claro, fazer algumas compras. Durante a visita, você descobrirá que a prata de Myanmar é diferente das outras, mais clara e reluzente. 

Lago Inle - Cristina Akemi
Lago Inle – Cristina Akemi

Outro passeio imperdível na região é Shwe Indein Pagoda, um conjunto de stupas antigas e ruínas que criam um cenário surpreendente e quase te permitem viajar no tempo. Ainda, visite o Jumping Cat Monastery, um monastério onde os monges dividem espaço com vários e vários gatos que são famosos por seus pulos.

Também há a possibilidade de fazer passeio de balão, visitar vinícolas, fazer passeios de bike e muito mais! Por fim, não deixe de visitar a Floating Villa para conhecer um pouco mais de seus moradores locais e, quem sabe, fazer uma refeição caseira e totalmente típica birmanesa.

Nessas vilas acontecem feiras nas quais você pode conhecer e comprar produtos de diferentes etnias do país. É uma excelente oportunidade não só de conhecer mais da cultura de Myanmar, como também de aprender mais sobre as etnias e vê-los com seus trajes característicos.

Mandalay

A segunda maior cidade de Myanmar está cheia de monastérios, templos e pagodas, o que a torna um dos principais destinos de peregrinação budista do país. Um dos principais atrativos do local é o Gold Pounder Workshop, onde são confeccionadas finas folhas de ouro, usadas para cobrir as imagens de buda. 

Falando em ouro, outro passeio imperdível é o Golden Palace Monastery, um antigo cômodo do palácio real que originalmente ficava em Amarapura, a capital na época. Quando o rei decidiu mudar a capital para Mandalay, mandou separarem e transportarem o cômodo, que continuou sendo seu aposento até o dia de sua morte. Agora ele está aos pés da colina Mandalay Hill.

Para os mais ligados a arte, Stone Carvers District não pode ficar de fora do roteiro. A região reúne diversos artistas que fazem esculturas em mármore — sendo, em sua maioria, esculturas de Buda. 

Ainda falando sobre arte, não deixe de assistir a um espetáculo de marionetes quando for a Myanmar — e Mandalay é uma das melhores cidades para essa atração. O teatro de marionetes é muito importante para a cultura do país, além de ser super tradicional.

Esses espetáculos existem há séculos, e quando Myanmar ainda era conhecido como “Reino de Burma”, eles eram utilizados pelos reis para dar mensagens a seus súditos ou membros da família real. Hoje, o teatro de marionetes apresenta um pouco das tradições e da cultura do país, com bonecos enormes, cheios de movimentos e artistas muito habilidosos.

Mandalay ainda conta com diversas outras atrações e possibilidades de bate-volta — em Mingun, Sagaing ou Amarapura, por exemplo —, uma cidade realmente imperdível em Myanmar.

Yangon

Yangon é a maior cidade do país e sua antiga capital. Também há muito o que fazer por lá e é um dos melhores locais para conhecer de verdade a cultura birmanesa. Entre no trem circular da cidade e use-o como transporte para visitar os principais pontos turísticos, assim como os moradores locais o usam para chegar em seus destinos do dia a dia.

Uma de suas paradas pode ser o Mercado Bogyoke, um bazar que foi construído há quase 100 anos e onde você pode encontrar de tudo um pouco. Os mercados locais são alguns dos melhores lugares para conhecer um pouco mais da cultura de uma cidade ou país!

Yagon - Myanmar
Yagon – Myanmar

Saindo de lá, você pode caminhar até Pagoda Shwedagon, um dos templos mais incríveis que você terá a oportunidade de ver em toda a sua viagem, dourado e grandioso, além de ter sido o primeiro centro religioso do país!

Viajar é uma experiência única, totalmente singular! Seja por sua conta ou fazendo um pacote de viagem para o Myanmar com uma agência especializada. E viajar para um destino tão diferente e característico é ainda mais incrível! Se gostou das dicas sobre o turismo em Myanmar e já quer planejar sua viagem, leia também o post: Myanmar, desvendando os segredos do sudeste asiático.