Viajar na companhia de um especialista parece coisa de aventureiro profissional, de documentarista famoso ou artista de renome, não é verdade? Nada disso! Hoje em dia, qualquer pessoa pode desfrutar de um roteiro cujo diferencial seja a participação de um entendido no assunto de interesse do viajante. São as chamadas viagens temáticas.

Esse formato surgiu de uma tendência observada pelas operadoras de turismo: ao lado do turista convencional, habituado a visitar cartões-postais, é cada vez maior o número de viajantes interessados em viver experiências: imergir na cultura local, conhecer os lugares menos badalados da cidade, realizar atividades típicas dos destinos visitados.

Com isso, as agências passaram a oferecer roteiros guiados, destacando especialistas em diferentes áreas para acompanhar esse perfil emergente em atividades de todo tipo — de trips fotográficas a jornadas gastronômicas.

“Mas, por que alguém se interessaria em viajar sob a supervisão de um desconhecido?” Se essa pergunta passou pela sua cabeça, aqui vão 4 benefícios de se viajar acompanhado de especialistas. Confira:

1. O roteiro é feito sob medida para o cliente

Viagens temáticas são feitas para ir ao encontro das expectativas do cliente. Assim, um interessado em fotografia pode contar com as dicas preciosas de um profissional especializado em fotos de viagens, podendo, dessa forma, realizar um registro muito mais interessante do destino visitado.

Se o que o cliente deseja é fugir ao padrão culinário típico do viajante tradicional, que opta sempre pelos mesmos restaurantes turísticos ou redes de fast-food, ter a companhia de um chef com conhecimento da cultura gastronômica local tornará a experiência muito mais intensa — e saborosa.

Da mesma forma, uma saída para observar pássaros será mais proveitosa se você puder contar com a assessoria de um especialista em aves. Ou ainda, participar de uma maratona tendo um preparador físico para auxiliá-lo.

Portanto, a viagem é focada no interesse específico do viajante.

2. O viajante estará amparado por uma equipe especializada

Mesmo com toda a facilidade que a internet e seus blogues de viagem proporcionam, há sempre uma dose de imprevisto esperando além de cada saguão de aeroporto. Por isso, contar com uma equipe especializada é garantia de que você não vai entrar em furada.

A menos que você conheça o destino como a palma da sua mão, várias situações podem comprometer o êxito da viagem: dificuldades com a língua local, desconhecimento dos costumes da população ou uma desatenção com cuidados básicos de segurança.

No entanto, se você tiver uma equipe experiente ao seu lado, com informações precisas sobre como aproveitar o melhor da cidade visitada, que facilite a comunicação com as pessoas e solucione questões de transporte, a viagem flui perfeitamente bem.

É como visitar um lugar e ter aquele amigo esperando no aeroporto para levá-lo num tour pela cidade. A diferença é que a equipe contratada estará 100% disponível durante toda a viagem.

3. Toda a parte burocrática fica com a operadora

Pense em todas as providências que é preciso tomar para tirar sua viagem do papel: planejar roteiro, contratar transfers, pesquisar hotéis etc. Quanto mais exótico o destino, maiores são a logística e as preocupações.

Ao contratar uma viagem temática, você contará com um roteiro previamente definido, com todas as facilidades inclusas, como transporte, alimentação e hospedagem. Sua única tarefa será escolher a que mais se ajusta aos seus planos, arrumar as malas e providenciar o passaporte.

4. Você pode optar por aprimorar ou desenvolver uma habilidade

Normalmente, as viagens temáticas possibilitam que o viajante aplique e aprimore seus conhecimentos. Como já dissemos, um fã de imagens pode exercitar seus dons ao lado de um fotógrafo experiente, o que certamente vai ajudá-lo a elevar o nível do seu hobby.

Porém, há um lado mais desafiador nesse formato de viagem, que é a possibilidade de desenvolver uma habilidade completamente nova. Participar pela primeira vez de uma expedição pela natureza ou de um trekking nas montanhas, por exemplo.

Com isso, a viagem se torna um belo pretexto para realizar algo absolutamente diferente. A vantagem é que você terá toda a supervisão profissional para experimentar o que pode se tornar sua nova grande paixão.

5. Possibilidade de fazer passeios exclusivos

Quando uma viagem é programada para um pequeno grupo de pessoas, pode – se contratar passeios que seriam muito caro para fazer individualmente. Acessar a uma região mais remota no Pantanal para observar onças pintadas por exemplo, ficaria muito mais caro se você tivesse que fretar um barco e um guia especialista sozinho.

Alguns exemplos de viagens temáticas

Agora que você sabe quais os benefícios de se viajar acompanhado de especialistas, conheça alguns roteiros que a Venturas, operadora paulistana certificada internacionalmente, tem a oferecer:

Expedição fotográfica com André Dib

Viagens temáticas Salar de Uyuni - Laguna Colorada - André Dib
Salar de Uyuni – Laguna Colorada – Foto: André Dib

Especialista em fotografia outdoor, o premiado André Dib é quem comanda esta expedição fotográfica de oito dias pelas paisagens de Jujuy (Argentina) e Salar de Uyuni (Bolívia). No roteiro, muitas imagens de flamingos andinos, do colorido deserto de sal e de cidades perdidas ao pé da Cordilheira.

Outra alternativa para os amantes de fotografia de natureza e principalmente de vida selvagem, é a saída exclusiva para Namíbia que acontecerá no final de agosto de 2018.

Safári com Lawrence Wahba

Viagens temáticas
A hora da onça beber água, durante um Safari fluvial no Pantanal.

Já imaginou conhecer a Índia na companhia do famoso documentarista da vida selvagem Lawrence Wahba? Pois é justamente isso que este roteiro oferece. São 12 dias de viagem pelos parques nacionais da terra dos sadhus, em busca dos majestosos tigres-de-bengala e leões asiáticos. No caminho, muitos outros animais e uma imersão na cultura e culinária indianas.

Lawrence Wahba também acompanha grupos para observação de onças pintadas. Estas viagens acontecem na melhor época para avistamento destes felinos. Entre os meses de julho a outubro. 

Índia com Marcelo Guimarães

Viagens temáticas de moto na Índia
Que tal viajar de moto pelas estradas mais altas do planeta?

O experiente guia Marcelo Guimarães recepciona os viajantes em dois diferentes roteiros pela surpreendente Índia. Você pode optar por acompanhá-lo em uma jornada de 9 dias pelo Triângulo Dourado, considerado o melhor caminho para se conhecer o país, com visitas às cidades de Nova Delhi, Jaipur e Agra, ou os mais aventureiros podem escolher desbravar o Himalaia de moto, percorrendo 1.417 quilômetros pelas mais altas estradas do planeta, visitando monastérios budistas e lagos nas alturas. Imperdível.

Trekking para iniciantes com Jota Marincek

Trekking no Nepal
Caminhar pelas montanhas do Nepal em companhia de Jota Marincek, um especialista em trekking e condução de grupos.

“Viajante por natureza”, João Ricardo Marincek, fundador da Venturas, acompanha aventureiros de primeira viagem em trekkings por lugares como o Vale do Pati, na Chapada Diamantina (BA) ou mesmo pelo Himalaia com viagens para o Nepal e/ou Butão. Em abril de 2018, Jota levará um pequeno grupo de entusiastas para percorrer 5 dias de trilhas na região do Annapurna, no Nepal. Antes do embarque haverá reuniões onde os iniciantes poderão tirar dúvidas a aprender sobre equipamentos e técnicas para realizarem uma boa jornada.  

Há muitas outras opções de viagens temáticas esperando por você no site da Venturas. Se fugir de roteiros tradicionais faz o seu estilo e o da sua família, entre em contato conosco. Temos uma viagem sob medida para você!