A Patagônia Chilena está localizada no extremo sul da América, e é um destino surpreendente e imperdível para quem gosta de conhecer lugares ainda pouco explorados. É perfeita para quem curte aventura, esportes e natureza.

A região da Patagônia tem quase 800 mil km² e se divide entre Argentina e Chile. Se você tem interesse em conhecer a parte chilena, anote todas as dicas a seguir:

Quando ir à Patagônia Chilena?

A melhor época para visitar a Patagônia Chilena vai depender dos seus objetivos e do que você espera ver, porque em cada estação do ano você encontrará uma Patagônia completamente diferente.

Verão

Durante o verão, você encontrará dias bem longos e muito sol, apesar de a temperatura se manter amena — entre 13 e 20 graus. Porém, essa é uma época de ventos fortes e, por isso, a sensação térmica pode ser menor que a temperatura mostrada no termômetro.

Nessa época do ano há apenas 5 horas de noite por dia, o que é ótimo para quem quer aproveitar o dia ao máximo.

Guia de viagens de natureza do Chile 6 destinos para vivenciar novas experiências

Inverno

No inverno, a temperatura mínima pode chegar a 0 grau e o sol não aparece por mais de 8 horas por dia. As montanhas ficam todas branquinhas, com muita neve caindo. Apesar do frio, essa é uma época com pouco vento, o que torna os passeios bem agradáveis.

Mas é preciso ficar atento, pois durante os meses de julho e agosto — quando há realmente muita neve — alguns hotéis e restaurantes podem ficar fechados e nem todos os passeios são permitidos.

Primavera e outono

Quando chega a primavera, a neve vai embora e as cores voltam a prevalecer na Patagônia Chilena. Já no outono, o local é tomado pelas folhas laranja e amarelas, e a possibilidade de chuvas é muito grande.

Quais são as principais atrações?

Torres del Paine

Estância Pehoe Torres del Paine Paula Bilenky - A patagônia Chilena e suas características. Descubra!

O Parque Nacional Torres del Paine é a principal atração da Patagônia Chilena. É um lugar lindo e bem grande, e são necessários no mínimo 3 dias para conhecer e explorar sua enorme diversidade. É um dos maiores parques do Chile, com mais de 180 mil hectares, e recebe mais de 150 mil pessoas todos os anos.

O Parque Nacional Torres del Paine abriga alguns excelentes hotéis como Explora, Tierrapatagônia e Awasi, mas também é um excelente local para acampar com requinte e para a prática de trekking, com diversos circuitos de diferentes durações e níveis de dificuldade.

Campo de gelo

O Campo de gelo, que fica ao sul da Patagônia, é a maior extensão de gelo do mundo — depois da Antártida e da Groenlândia. São cerca de 16 mil km² e muitas geleiras impressionantes!

Além desse, há diversos outros glaciares, como Perito Moreno e Glaciares Balmaceda e Serrano.

Flora e fauna

A diversidade de fauna e flora na Patagônia Chilena é tão impressionante que essa é uma das principais atrações do local. Torres del Paine é considerado uma Reserva da Biosfera pela UNESCO, e lá é possível encontrar diversas espécies de vegetação e de animais.

A Patagônia é considerada um dos ecossistemas mais complexos do planeta, e algumas espécies só existem ali.

Pacotes de viagem para Patagônia Chilena

De qual das atrações você mais gostou? E qual época parece melhor para visitar a Patagônia Chilena, na sua opinião? Deixe um comentário!