Ilha de Páscoa ou Ilha de Galápagos? Essa tem sido uma dúvida cada vez mais recorrente na mente das pessoas que buscam se aventurar em um destino mais exótico, independentemente de viajarem sozinhas ou em grupo. As duas ilhas do Pacífico têm incríveis atrações, que encantam qualquer um que conheça essas terras.

Logicamente, a melhor opção seria poder visitar as duas e aproveitar todas essas belezas naturais. Mas, com o estilo de vida corrido da atualidade, nem sempre é possível. Pensando nisso, preparamos um texto para ajudá-lo a escolher um entre esses maravilhosos destinos. Não deixe de conferir!

Ilhas Galápagos ou Ilha de Páscoa?Ilha-de-Pascoa-Venturas-001

As Ilhas Galápagos são um arquipélago formado por 12 ilhas principais e diversas pequenas ilhotas. No entanto, apenas 4 delas são habitadas. As ilhas ficam a aproximadamente 1000 km do litoral do Equador, têm como língua oficial o espanhol e como moeda o dólar. Elas ganharam fama mundial sobretudo pela atuação do naturalista Charles Darwin e por seu trabalho para formular a Teoria da Evolução.

O dscn1231pesquisador utilizava a fauna da região para suas pesquisas, e seus relatos encantavam o planeta. Galápagos passou a ser conhecida por sua diversidade animal e por seu esforço pela preservação das principais espécies. Sendo assim, não é incomum encontrar iguanas, leões-marinhos e tartarugas-gigantes ao redor das ilhas.

Por sua vez, a Ilha de Páscoa pode ser considerada um dos lugares mais remotos do mundo e está localizada no meio do Oceano Pacífico, a 3700 km de distância da costa chilena. É um território que pertence ao Chile, portanto, tenha em mente que a língua oficial é o espanhol e a moeda circulante é o peso chileno.

A ilha é formada por três vulcões inativos e seu visual extraordinário atrai turistas do mundo todo, principalmente por suas misteriosas estátuas de pedra, conhecidas como moais. O mistério que envolve a criação e a movimentação desses monumentos só torna esse local ainda mais valioso para uma visita.

Principais opções de lazer

Não faltam opções de lazer em qualquer um dos dois destinos. Ambos são lugares ricos para a prática de turismo de natureza ou de aventura. Na Ilha de Páscoa, por exemplo, você pode conferir uma boa variedade de shows folclóricos, que buscam reproduzir as tradições do povo local, chamado de Rapa Nui.

A capital Hanga Roa tem um clima de vilarejo, mas é efetivamente a sua única cidade. Seu centro é composto por lojinhas, restaurantes, bares e outros estabelecimentos comerciais. Como o turismo vem crescendo bastante, o jeito pacato e simples de viver já começa a dar espaço para um pouco mais de atrações voltadas aos visitantes.

Com um mar tão bonito e limpo, não é de se estranhar que você queira pegar uma praia. Nesse contexto, a melhor opção é Anakena, que é a única enseada que oferece uma estrutura bacana para quem deseja beliscar um petisco ou ver toda a exuberância marinha degustando uma cerveja.

Guia de viagens de natureza do Chile 6 destinos para vivenciar novas experiências

Um pouco mais de aventura

Ainda em Páscoa, você também pode mergulhar para conhecer uma das estátuas moais que fica no fundo do mar, mas a principal atração é realizar trekking pelas trilhas da ilha e conhecer todas as misteriosas estátuas moais. Isso você pode fazer a cavalo, bicicleta ou a pé mesmo.

Já em Galápagos você não pode deixar de realizar um mergulho ou snorkeling. A vida marinha lá é muito exuberante e você certamente nadará em volta de peixes, tartarugas marinhas e até pinguins. É uma experiência valiosa até mesmo para quem nunca praticou esse esporte, pois a variedade de animais e da flora marinha é única em todo o planeta.

Por lá você também pode andar de panga, que é uma espécie de bote inflável e é um meio de transporte muito comum no local. Durante o trajeto é possível observar tartarugas-gigantes, leões-marinhos e os simpáticos e desajeitados pinguins. Definitivamente, essa é uma experiência inesquecível.

Meios para chegar

Infelizmente, ainda não há voos diretos do Brasil para nenhum dos dois destinos, embora a gente torça para que esse cenário se reverta muito em breve. Dentro desse contexto, será preciso fazer ao menos uma escala. Para chegar em Galápagos, por exemplo, você pode fazer uma conexão por Bogotá, por Lima ou pelo Panamá.

Já para a Ilha de Páscoa, a melhor opção é pegar algum dos voos que saem diariamente da capital do Chile, Santiago. Sendo assim, uma boa ideia é você se programar para conhecer também as belas cidades de conexão, para não tornar a sua viagem tão cansativa.

Um pouco sobre a Culinária

Em Galápagos as coisas não são tão caras, tendo os seus preços semelhantes aos de uma capital do Sul ou do Sudeste do Brasil. No entanto, não se pode dizer o mesmo da Ilha de Páscoa, que, principalmente por conta da sua distância do continente, tem os preços mais salgados do que o habitual.

Como se tratam de ilhas, em ambos os locais a culinária é baseada na oferta de pescados. O atum grelhado e o ceviche são algumas das especialidades locais da Ilha de Páscoa, acompanhados de abacaxis, camotes — que são batatas do Chile — e um bom vinho chileno. Outra opção é a torta de caranguejo, conhecida como pastel de jaiba.

Já em Galápagos, você pode encontrar excelentes peixes e mariscos, além de outros frutos do mar típicos da região, deliciosamente grelhados na chapa ou nas saborosas receitas que deliciam os turistas e locais. O carro-chefe também é o ceviche, mas também é fácil encontrar camarões empanados bastante aprazíveis.

Um pouco sobre hospedagens

As opções de hospedagem na Ilha de Páscoa são muito variadas, indo desde as mais simples e charmosas pousadas (identificadas como chez ou cabaña) chegando até hotéis luxuosos de maior porte. As diárias variam em torno de 25 mil até 300 mil pesos e geralmente já estão inclusos o café da manhã e o translado do aeroporto. Quem gosta de conforto e preços reduzidos deve ficar atento, pois é comum estes hotéis mais luxuosos oferecer promoções.

Em Galápagos você tem opções interessantes de hospedagem em todas as 4 ilhas habitadas; porém, é na Ilha de Santa Cruz que se concentra a maior parte da rede hoteleira, de lojas e de restaurantes. Mas se você quiser conhecer vários lugares entre as ilhas, ficar em hotel fixo pode não ser a melhor ideia, já que o translado entre uma e outra pode durar até 8 horas.

Nesse caso opte por se hospedar em hotéis diferentes e vá mudando conforme for visitando uma ilha ou outra. Fazer um cruzeiro ficando hospedado no próprio navio é outra excelente alternativa para ter mais conforto e mobilidade que, por incrível que pareça, pode acabar pesando ainda menos no seu bolso.

Gostou de conhecer um pouco mais sobre esses incríveis roteiros e as suas opções de lazer para os turistas? E então, qual será o seu próximo destino de viagem: Ilha de Páscoa ou Ilha de Galápagos? Conte pra gente nos comentários!

Pacotes de viagem para Ilha de Páscoa
Pacotes de viagem para Ilha de Galápagos