Não são apenas as belezas naturais que fazem de Myanmar, antiga Birmânia, um dos destinos mais cobiçados por aventureiros que exploram os lugares mais peculiares do mundo. 

Com um povo simples, muito espiritualizado e que valoriza as tradições milenares, o país – antiga colônia britânica – é hoje uma nação que preserva os requintes genuínos da Ásia, sem as conhecidas influências ocidentais. 

Uma viagem inesquecível que já marcou a vida de muitos turistas e que pode ser o seu próximo destino. Quer embarcar nessa possibilidade? Então não pare de ler este post

Aspectos geográficos de Myanmar    

Fazendo fronteira com a China, Tibet, Índia, Tailândia, Bangladesh e Laos, Myanmar fica situada no sudeste da Ásia e tem como capital a cidade de Naypyidaw. 

Sendo um país que viveu a maior parte da História sob regime militar, Myanmar hoje conta com 80% do Parlamento eleito democraticamente e pertence ao partido NLD, que conta com a atuação da ativista Aung San Suu Kyi, prêmio Nobel da Paz de 1991. 

Inclusive, o filme “Além da Liberdade” conta a história de lutas da heroína na Birmânia, que renunciou a vida familiar pelas lutas políticas.

Apesar do avanço, Myanmar só permite a entrada de turistas por meio de vistos retirados em outros países asiáticos como Bangkok ou que foram feitos por meio de agências especializadas.

Myanmar é o maior país do Sudeste da Ásia, com 678 mil quilômetros quadrados de área territorial. É banhado pelo golfo de Bengala e pelo mar de Andamão. Possui vários rios, cordilheiras, vales e desfiladeiros.

Conta com uma variedade geográfica exorbitante, principalmente em razão da cordilheira do Himalaia, que deixa sua marca por várias localidades.

Com 9h30 a mais no fuso horário em relação ao Brasil, tem como moeda oficial, o Kyat. Mas o dólar pode ser trocado por lá e a língua inglesa é falada e compreendida pelos guias turísticos. 

Como chove muito no período das monções, que vai de maio a começo de outubro, a preferência dos viajantes que se planejam bem é nos demais meses, sendo que o país liberada a entrada de um turista por no máximo, por 28 dias.

Rico em pedras preciosas, também é conhecido como a terra misteriosa. Afinal, o que não faltam são pontos curiosos nessa viagem, como mostraremos agora.    

Principais curiosidades    

Pelas ruas de Myanmar, é comum observar homens utilizando uma espécie de saia. Na verdade, trata-se dos longhis, feitos com tecidos bem leves para combater o forte calor que faz no País.

Outra curiosidade é ver crianças e mulheres com os rostos pintados de branco. É o pó da árvore Tanaka, que atua na pele como protetor solar. Com muita criatividade, há quem faça desenhos na face.

Mianmar Innlay Lake 311 150x150 - Myanmar: desvendando os segredos do sudeste asiáticoDSCN4820 150x150 - Myanmar: desvendando os segredos do sudeste asiáticoDSCN4879 150x150 - Myanmar: desvendando os segredos do sudeste asiáticoDSCN4798 150x150 - Myanmar: desvendando os segredos do sudeste asiático

 

E o esporte oficial é bem próximo da paixão brasileira: o Chinlone, uma espécie de futevôlei com dança. Faz muita gente se divertir com as acrobacias e domínio da redondinha. 

No transporte, destaque para os tucks-tucks de bicicleta, que conquistam muitos turistas na ida aos pontos de visitação. 

Outra curiosidade é que o Myanmar se desenvolveu na manipulação de Marionetes! São vários grupos que fazem apresentações incríveis e já possuem reconhecimento internacional nesta arte. 

 

Atividades de lazer em Myanmar    

Quem curte natureza, cultura genuína, passeios de barco, visitas a templos budistas e um contato bem próximo com as montanhas ficará apaixonado por Myanmar. 

No país, é possível mudar os ponteiros do tempo, já que os métodos tradicionais de vida, como a cultura de subsistência, ainda predominam nas áreas montanhosas. 

O povo é muito acolhedor, simpático e pacífico. Você certamente se sentirá muito bem, podendo desfrutar das belezas naturais com muita segurança. Uma dica bem legal é fazer uma viagem de trem ao lado das montanhas. 

Pouco explorado turisticamente falando, esse país conta com 800 ilhas e praias paradisíacas, ou seja, há muitos lugares para explorar. Uma visita imperdível no Myanmar é Bagan, a cidade dos 3 mil templos,como se vê na foto que ilustra este artigo. Uma dica aqui é se planejar com antecedência para fazer um inesquecível voo de balão por sobre a cidade ao amanhecer.

E você não pode deixar também de conhecer a cidade de Mandalay, um centro religioso; sem falar no lago Inle, com 22 quilômetros de água doce para passeios inesquecíveis!  

Pacotes de viagem para o Myanmar

Gostou de Myanmar? Que tal agora ler um artigo sobre Bali, outro destino para quem é sintonizado com as belezas naturais!!!!!