Hoje em dia, quase todos os dispositivos móveis possuem excelentes câmeras embutidas. Como se não fosse o suficiente, existe uma infinidade de modelos de câmeras fotográficas no mercado. Esses aparelhos permitiram a difusão de um novo passatempo muito popular para quem não é profissional, a fotografia.

Contudo, para ter uma experiência mais completa na sua viagem fotográfica, é muito importante a presença de um fotógrafo. Ele é o profissional que vai orientar e dar dicas valiosas sobre como obter os melhores ângulos para as suas fotos ficarem incríveis.

Ficou interessado em saber melhor como funciona essa tal de viagem fotográfica e quer saber dicas de como viajar com um profissional e capturar boas fotos? Então, acompanhe este post!

O que é uma viagem fotográfica?

A viagem fotográfica é uma maneira de tirar fotos diversificadas de cenários dos lugares percorridos — incluindo aquelas que não são tão tradicionais assim, como as feitas em momentos do cotidiano e aleatoriamente.

É possível conseguir resultados incríveis conhecendo lugares belíssimos no Brasil e do mundo, apenas com uma máquina e um profissional competente que entende do assunto, dando dicas e explicando sobre como tirar belas fotos.

Geralmente, o foco é capturar a história e a tradição presentes no lugar e passar a emoção daquela região, mostrando o mundo por meio de uma outra visão. O que importa é a vontade de registrar na fotografia tudo o que os olhos do fotógrafo estão vendo.

Como funciona esse tipo de viagem?

A escolha do destino

Um dos primeiros passos é fazer o planejamento da viagem. Para isso, você deve escolher o destino: Brasil ou outro país no exterior? Ou seja, o foco é conhecer melhor e apresentar as belezas e a cultura do nosso país ou do estrangeiro?

Respondida essa pergunta, o próximo passo é pesquisar mais sobre o local escolhido: clima, melhor época para ir, como chegar, pontos turísticos etc. Lembre-se também de pesquisar o máximo de lugares que puder, já que existem regiões nem tão badaladas assim, mas que podem render excelentes cliques.

O uso dos equipamentos certos

O acompanhamento de um fotógrafo garante uma qualidade de fotos acima da média. Geralmente, esse especialista sabe indicar o uso dos recursos certos de cada equipamento, o que transforma meros cliques em belas fotos com alta precisão e resolução.

Ademais, não custa nada alertar sobre o cuidado que se deve ter no deslocamento e no transporte dos equipamentos, pois são itens frágeis. Por isso, se você for viajar de avião, e for levar os seus próprios itens, é importante não despachar lentes e câmeras. Elas devem ser levadas na bagagem de mão e ficar protegidas o suficiente para que não sofram danos.

A contratação de uma assistência para a viagem

Faça um seguro viagem. A maioria das agências de turismo oferece esse serviço. Essa cautela é essencial. Afinal, prevenir é muito melhor do que remediar o problema. O seguro garante que a viagem ocorra com tranquilidade.

Caso você leve o seu próprio equipamento, ele estará coberto contra eventuais furtos, roubos ou danos. Assim, se algo acontecer — e você estiver carregando aparelhos caros, por exemplo —, será ressarcido do prejuízo.

Além disso, existe também o seguro-saúde, que se faz pertinente caso você viaje para o exterior e sofra algum acidente físico ou tenha alguma indisposição.

As agências de viagem também podem oferecer pacotes turísticos especialmente com o intuito de levar seus clientes até os locais com cenários mais propícios e que rendam excelentes cliques. Algumas, inclusive, disponibilizam cursos de curta duração sobre o assunto.

Quais são os motivos para fazer uma viagem fotográfica?

Fazer os melhores registros

Uma viagem fotográfica vai além de posicionar a câmera e apertar o botão. Ela serve para capturar a arte por meio das lentes e passar emoção por um simples retrato. Assim, um dos objetivos que levam os viajantes a decidirem fazer uma viagem do tipo é querer capturar as melhores fotos em localidades diferentes e, ao mesmo tempo, conhecer novos lugares, culturas e pessoas. Tudo supervisionado por um profissional competente.

Treinar habilidades de fotografia

Para quem não é fotógrafo profissional, muitas vezes capturar bons cliques se apresenta como um desafio, já que manusear os equipamentos fotográficos não é tão simples assim. Existem engrenagens, seletores, obturadores e uma gama de peças que são utilizadas para incrementar e dar maior qualidade para a foto.

Tirar uma fotografia de qualidade exige uma soma de fatores, como: luz certa, enquadramento, composição, objetos etc. Também há diversos tipos: digitais, instantâneas, compactas, do tipo SLR ou TLR, entre outros.

Tudo isso pode soar bastante complicado para um leigo ou para quem tem pouca experiência e está iniciando a prática. Por isso a importância de contar com um fotógrafo especializado. Esse profissional poderá simplificar a tarefa, tornando tudo mais agradável e fácil de aprender. E como mencionamos, existem agências que dispõem de bons profissionais para ajudá-lo nesse aspecto.

Aperfeiçoar o trabalho

Como vimos, tirar fotos não é tão simples quanto parece. Uma viagem fotográfica é um ótimo meio de praticar e aprimorar esse trabalho. A grande diversidade de aparelhagem e de técnicas exige o aprendizado constante. Essa é uma habilidade que vai sendo desenvolvida e aperfeiçoada com o tempo e com o auxílio de quem entende do assunto: um fotógrafo profissional. Por isso, a palavra-chave é: pratique!

Quais são os melhores destinos para uma viagem fotográfica no Brasil?

Lençóis Maranhenses (Maranhão)

Lençóis Maranhenses Valdemir Cunha - O que é uma viagem fotográfica e por que fazer uma?
Foto: Valdemir Cunha

O Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses é berço de belíssimas paisagens que rendem cenários encantadores para fotos. O local é composto por dunas de areias que ultrapassam os 40 metros de alturas e lagoas que se formam com a água das chuvas que caem entre os meses de janeiro e julho, criando lindas piscinas naturais de vários tons.

Bonito e Pantanal (Região Centro-Oeste)

Ambos são alguns dos destinos mais belos do país e berços de um ecossistema riquíssimo e de santuário ecológico. É possível dividir a viagem entre esses dois lugares.

Bonito André Turatti - O que é uma viagem fotográfica e por que fazer uma?
Foto: André Turatti

No Pantanal, você pode fazer safári para observar as espécies animais em seu habitat e a diversidade da vegetação. Por sua vez, Bonito oferece atrações incríveis, como a Gruta do Lago Azul, o Rio da Prata e fazendas que buscam preservar o meio ambiente praticamente intocado. Com certeza, esses lugares vão render fotos encantadoras!

Parque Estadual do Cantão

Esta região ainda pouco conhecida dos brasileiros e dos turistas convencionais, o Parque Estadual do Cantão apresenta uma excelente oportunidade para quem pretende registrar vida selvagem.

Ilha do Bananal Cantão Zé Paiva - O que é uma viagem fotográfica e por que fazer uma?
Foto: Zé Paiva

Por estar localizada em uma zona de transição de 3 ecossistemas (Cerrado, Pantanal e Amazônia), esta região ao leste do estado do Tocantins e às margens do rio Araguaia, abriga uma gama variada de especies, sobretudo de aves, que transitam nestes três biomas.  

Chapada Diamantina (Bahia)

A Chapada Diamantina pode ser considerada um dos grandes destinos de ecoturismo do país. O parque tem cerca de 1.500 km² e é recheado de cavernas e grutas subterrâneas, cachoeiras, rios cristalinos, formações rochosas de cânions e outras atrações naturais.

A extensão e a grande diversidade de ecossistema fazem necessária a companhia de um guia para que a expedição se torne ainda mais proveitosa.

Podemos citar como atrações imperdíveis e que renderão cliques incríveis: Morro do Pai Inácio, Vale do Paty, Cachoeira da Fumaça (que é a segunda maior do Brasil), Poço Azul e Poço Encantado, Cachoeira do Buracão, Gruta da Torrinha, Vale do Capão, entre outros.

f7dbcfe4 05c9 4a01 9160 2ec9287b8c2c e1478008768790 - O que é uma viagem fotográfica e por que fazer uma?
Entardecer no Morro do Pai Inácio, Chapada Diamantina

Como vimos, não é fácil escolher o melhor ângulo, acertar na iluminação e achar o enquadramento adequado. Tudo isso depende de uma série de técnicas e de habilidade. Afinal, tirar fotos criativas e de ótima qualidade em uma viagem fotográfica é a principal intenção dos viajantes fotógrafos!

A Venturas é uma agência de turismo que oferece roteiros ideais para quem quer fazer uma viagem fotográfica inesquecível. Então, aproveite que está por aqui e veja as opções de worskshop fotográfico especialmente preparadas para nossos clientes. Você pode escolher entre destinos nacionais e internacionais. Depois, é só cair na estrada!