Praia, sol e sossego formam o ambiente perfeito para as tão sonhadas férias de muita gente. E é exatamente isso que uma viagem para Jericoacoara proporciona! A antiga vila de pescadores, localizada a pouco mais de 300 km de Fortaleza, é um verdadeiro paraíso de águas cristalinas, areia branquinha e paisagens que dispensam filtros para deixar a foto mais bonita. 

Não é à toa que os ventos que sopram nesse canto do nordeste já levaram fama além-mar: em 1987, o jornal norte-americano Washington Post colocou Jeri entre as 10 praias mais bonitas do mundo e, desde então, toda essa glória é refletida pela legião de gringos que disputam um lugar ao sol em busca de dias incríveis no meio do paraíso.

Jericoacoara como ela é

O isolamento é o que torna Jeri tão única e especial. Em 1984, a região foi transformada em Área de Proteção Ambiental (APA), o que ajudou a manter seu território muito bem preservado.

Ao mesmo tempo em que a paisagem não sofreu praticamente nenhuma interferência que não fosse da própria natureza, a vila parece ter parado no tempo sem nunca ter visto a cor do asfalto ou da iluminação pública. Mas, a verdade é que nenhuma modernidade faz falta por lá! A graça está mesmo na simplicidade e no convívio com a natureza.

Por mais que o turismo tenha trazido algum desenvolvimento com excelentes pousadas, bares e restaurantes descolados que se espalham pelo centrinho, não espere encontrar resorts e as facilidades da cidade grande! 

Rumo ao paraíso

Chegar a Jericoacoara só é possível com bugues, 4×4 e veículos preparados para andar nos 20 km de dunas e estradas de areia que separam a vila e a cidade de Jijoca de Jericoacoara, última parada com estrada pavimentada.

De Fortaleza, dá para pegar um ônibus até Jijoca e, de lá, subir a bordo da jardineira, espécie de ônibus com tração nas 4 rodas, até Jeri. 

O que fazer?

Opção é o que não falta. Dunas, manguezais, praias e coqueirais formam um conjunto de belezas que dispensam qualquer tecnologia para ser feliz (com exceção da câmera fotográfica, claro!). Um verdadeiro convite ao ecoturismo e à aventura.

Durante o dia

Aproveite as melhores partes do destino: as praias! A Jijoca é a mais famosa delas e se divide em duas partes: Lagoa Azul, com uma pegada mais rústica, e Lagoa do Paraíso, onde ficam as pousadas e restaurantes que oferecem redes e espreguiçadeiras sobre a água.  

Se você curte esportes aquáticos e adrenalina, prepare-se para cair na água e praticar windsurf ou kitesurf. Os ventos são sempre favoráveis e o destino está entre os melhores do Brasil para essas atividades. Aliás, a força do vento também foi favorável para formações rochosas curiosas como a Pedra Furada, a 30 minutos de caminhada da praia central.

À tarde, suba até o topo da duna do Pôr do Sol para assistir ao espetáculo da natureza que dá nome à esse monte de areia de 30 metros de altura. Depois, arrisque descer de sandboard.

Durante a noite

À noite, o ritmo de festa toma conta dos restaurantes, bares e forrós pé-de-serra que oferecem programação para todas as tribos sem hora para acabar.

Caso a agitação não seja sua praia, escolha um lugar tranquilo para relaxar e observar as estrelas, que podem ser vistas aos montes de qualquer ponto. Sem iluminação pública, o céu noturno é uma atração à parte em Jeri, especialmente na época de Lua Cheia.

Rota das Emoções: Viagem para Jericoacoara, Delta do Parnaíba e Lençóis Maranhenses

Ótima oportunidade para conhecer três estados em um só pacote, a Rota das Emoções une adrenalina e paisagens incríveis. O passeio tem duração média de 10 dias e começa por Jeri (Ceará), passando pelo Delta do Parnaíba (Piauí) e indo até os Lençóis Maranhenses (Maranhão).

Agora que você já conhece um pouquinho das maravilhas desse lugar, que tal começar a planejar sua próxima viagem para Jericoacoara? Clique aqui e saiba mais.

Pacotes de viagem para os Lençóis Maranhenses
Pacotes de viagem para Jericoacoara